05/02/2011

Amigo é coisa pra se guardar



Não, nem todos vão te corresponder com o mesmo carinho que você queria compartilhar com os mesmos, nem todos vão estar lá quando você precisa, e nem querer seu bem. Porque detrás de um monte de palavras soltas, que mais tarde, você vai descobrir que foram só jogadas ao relento, eles podem ainda não sentir nada. Uma ilusão embutida junto com o amor, que você jura que é recíproco, mas depois descobre que era tudo enganação. Porque muita coisa que parecia tão importante na sua vida, mais tarde só vai virar poeira, moinho, que o vento sopra, e nem memórias restarão, pouco importantes. Pessoas podem te ajudar quando você mais precisa, mesmo aquelas que você nunca esperou que fossem estar lá; mas isso não significa dizer que você deve confiar nelas sempre. Nunca se sabe seus reais motivos pra querer ser seus ouvidos na hora do aperto, quem sabe pra contar pra pessoas alheias depois. No final da corrida, você tem que aprender a contar com poucos, a se contentar que a realidade é nem sempre cortar a linha de chegada com muitos amigos ao seu lado. Muitos ficam pelo caminho, mudam de rumo, fazem novas amizades, ou mesmo, enjôam de ti. O problema, é que quando esse enjôo chega, e as coisas começam a mudar, é muito díficil que volte a ser como era antes. Pessoa não é coisa que você suja e joga fora, mas nem todos parecem saber disso. Já me deparei analisando minhas atitudes, correndo contra o tempo, atrás de um motivo para algumas amizades mudarem tanto. Minhas ações, ultimatos, atitude defeituosa capaz de distanciar tanta gente da minha vida. Acho que apesar dos meus defeitos, tem gente que se perde mesmo. Vai perdendo o contato, sabendo que tá perdendo, mas faz pouca coisa pra reconstruir a ponte, agora quebrada, que ligava um ao outro. Armadilhas que o vento sopra, afim de tirar tudo aquilo que não nos serve mais, calça apertada, blusa rasgada, sutiã furado. Não vale a pena conservar no guarda-roupa, peças que não te servem mais. Figurinha incompleta, carta fora do baralho. Mas não vejo isso de uma forma pessimista. Otimismo sempre presente em minhas veias, comprovado pelo horóscopo. É bom saber quem, de verdade, se importa com você, e não vai te deixar cair, quando a bola começar a murchar. Porque, mesmo que poucos, eu sei que, com esses, eu vou sempre poder contar, mesmo o quão bagunçada estiver minha vida. Mas apesar dos poucos que carrego comigo, sou capaz, de com esses, superar toda a amargura que há de querer me encontrar. Porque a vida, pode não te dá tudo o que você quer, mas ela te dá o que você precisa. Basta a você, saber tirar bom proveito das coisas que lhe são cabíveis, tirar felicidade, até mesmo das coisas pequenas. Poucos são os que vêem a beleza nos detalhes, que te valorizam pelo que você é, lá no fundo, seus sentimentos mais nobres, visíveis a poucos. Apenas para aqueles, que sabem ver teu diferencial, tuas qualidades acima de tudo. E com essas, até as mais encobertas picuinhas, serão sempre lembradas, marcadas na memória. Aprendi, a carregar somente esses momentos, e deixar que o vento se encarregue, de soprar pra longe as pessoas indesejáveis que insistem em me aparecer. Porque eu aprendi a desenhar bons momentos numa folha de papel, e tomá-lo por base pra seguir minha vida. A pintá-lo de cores coloridas, fortes, pra que eu nunca esqueça de viver intensamente. Aprendi a bordar a felicidade nesse meu desenho, pra nunca esquecer, que esses momentos, por mais simples que sejam, merecem sempre o meu sorriso, quando mais tarde relembrá-los, e aprendi principalmente, a criar um mundo, onde barreiras não existem, onde distância não significa nada, se há alguém que tá perto de você no coração, colado, estampado, num lugar que ninguém ousará de arrancar. Guardar esses especiais que ainda tenho, junto a mim. E se algum dia, um vento levar esse meu desenho pra longe, irei refazê-lo, cada vez mais bonito, carimbando sempre esse meu sinal de fé e esperança, que carregarei até o fim, com quantos ao meu lado, quer que eu esteja.

3 comentários:

  1. =)

    é...
    necessário.
    e de verdade poucos.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, não é sempre que vão te corresponder como você gostaria. Flor, gostei dos seus textos.
    Se quiser dar uma olhadinha no meu blog, seja muito bem-vinda! haha =)
    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  3. De fato, nem sempre é recíproco.
    Lindo texto

    Deixei um selinho pra ti no blog ;*

    ResponderExcluir

O que achou do post?

GAROTA DA BOSSA
ALL RIGHTS RESERVED 2014 ©
feito por Madu Negrini