07/07/2012

Desvaneios



Sou impaciente, inquieta e eufórica. Sinto tudo com a fragilidade de criança que acaba de ralar o joelho pela primeira vez. Fico nervosa, falto alto, baixo, mediano. Sou tagarela ou tímida. Quieta e inquieta. Me invoco quando sei de injustiças, luto pelo direito que a gente tem. Sei não me envolver muito ou entrar com cabeça e tudo. Já amei, quebrei a cara e dei a volta por cima. Já me levantei com ajuda e sem ajuda. Já soube me virar com poucos amigos e fiquei de boa. Aprendi que melhor que se vingar, é realmente viver bem, porque isso é a pior coisa pra quem tem inveja. Sou péssima em qualquer esporte e mais ou menos em matemática. Fico nervosa quando não entendo um assunto. Já tentei fazer horário de estudo, mas nunca consegui seguir. Gosto de assistir novela de noite. Já aprendi pra caramba com meus erros. Aprendi que sinceridade é tudo na vida, que até o perdão se consegue só por meio dela. Já me enganei com muitas pessoas. Já tirei 10 em algumas matérias só pra mostrar pro professor o meu diferencial. Já estudei pra caramba e tirei nota ruim. Já estudei muito pouco e me garanti. Já conheci gente que marcou minha vida e que vou levar pra sempre. Já deixei muita gente pra traz. Já tentei fazer dieta. Me considero um pouco gordinha as vezes, mas não gosto que quase ninguém me chame assim (Só meu namorado, o que parece estranho, eu sei.) Sou estranha as vezes, sou extremamente comum em outras. Sigo o senso comum. Tenho minha própria opinião. Já me apaixonei por quem nunca vi. Já me desiludi por quem muito conheci. Mudo de opinião várias vezes. Já não sei mais que caminho seguir. Passei a vida tendo certeza do que queria ser, e fiquei em dúvida no terceiro ano. Já quase entrei numa briga feia. Já me esforcei pra não me preocupar com pouca coisa. Tenho amigos sinceros. Faço amigos facilmente. Sou tímida com quem não conheço. Gosto de ouvir musicas, mas tenho preguiça de baixá-las. Gosto de correr atrás do que eu quero, e gosto, principalmente, das coisas mais impossíveis. Penso em abandonar tudo e ir morar em uma ilha. Acho incrível eu está aqui e você que está longe de mim, e mesmo assim vermos a mesma lua. Só sei a tabuada do nove olhando meus dedinhos. Só sei quantos dias tem os meses, olhando os ossinhos da mão. Não consigo dormir sem resolver o que mais preciso. Acredito com boas conversas resolvem muitos problemas. Acredito em Deus. Acredito em milagre. Já desisti de algo que queria muito pela felicidade dos outros. Já tentei muito, e não consegui. Já conheci pessoas que nunca me deixaram na mão. Já conheci alguém que fez terra e ar se confundirem. Já fechei os olhos pra não encarar. Já sorri com o coração doendo. Detesto quem força amizade. Sou irônica quando estou com muita raiva (inevitável). Já aprendi muita com a vida. Já mudei de caminho várias vezes e sinceramente, não sei mais pra onde ir. Só sei que vou com você (...)

2 comentários:

  1. Anônimo9.7.12

    so sei que vc eh linda, que ainda vou te levar para uma ilha, e te ensinar a tabuada do 9, que vou acalmar seu nervosismo ao nao entender um assunto, que esta lua que vejo eh sim a mesma que vc ve, e que quero ir com vc, minha godinha ;)

    ResponderExcluir
  2. kkkkk Ai que anônimo lindo,gente!!!!

    ResponderExcluir

O que achou do post?

GAROTA DA BOSSA
ALL RIGHTS RESERVED 2014 ©
feito por Madu Negrini